Ver carrinho
0
Total: R$0,00

Sua bolsa está vazia 😳.
Mas não perde tempo 😘, adicione!

10 dicas para uma vida de marmita eficiente

Você também depende das marmitas em seu dia a dia? Para quem trabalha ou estuda fora e não tem tempo de voltar para casa nas refeições, é essencial saber como ter uma vida de marmita eficiente. Além de representar praticidade e te dar a possibilidade de escolher e separar os seus alimentos, ela pode te ajudar a guardar aquele dinheirinho extra no fim do mês.

Seja para perder peso, controlar o sódio ou apenas manter uma alimentação saudável, são diversos os motivos para que as pessoas optem por esse caminho. Entretanto, se não houver planejamento, sua comida pode passar de aliada a inimiga por muito pouco.

Então, acompanhe essas dicas para uma vida de marmita mais eficiente. Saiba exatamente o que fazer e não seja mais refém do dia a dia: aprenda aqui como escolher e organizar suas marmitas.

1) Opte por potes com divisória

A primeira dica para quem deseja ter uma vida de marmita eficiente é escolher bem os recipientes que serão utilizados. É imprescindível que você escolha materiais mais resistentes e que possuam divisórias para cada tipo de alimento. Por exemplo, se você costuma separar a salada do restante da comida, é bom que haja diferentes espaços. Essa dica vale principalmente para quem não gosta de misturar tudo no prato. Assim, potes com divisória podem te auxiliar muito no processo de fazer marmitas diariamente.

2) Escolha bem o material da marmita

Como dito acima, escolher o material da sua marmita pode ser uma das tarefas mais importantes para uma vida de marmita eficiente. O maior problema das marmitas reside no fato de que, eventualmente, você precisará esquentar a comida. Dessa maneira, você precisa escolher tupperwares que possam ir ao microondas sem maiores obstáculos. Não prestar atenção a isso pode, inclusive, ser prejudicial à sua saúde, visto que alguns materiais plásticos, quando aquecidos, podem liberar substâncias. Assim, tais substâncias, como por exemplo a dioxina, o bisfenol A (BPA) e os ftalatos, são um perigo para a sua saúde a longo prazo. Não poupe esforços na hora de procurar potinhos que não trarão riscos a você!

4) Separe quente e frio

Outra boa dica para quem está decidido a ter uma vida de marmita eficiente é separar as comidas pela sua temperatura. Para que a comida não se misture e vire uma bagunça depois, é essencial que você mantenha um critério de separação das comidas. Como apontado no item 1, é essencial que você adote o hábito de organizar suas marmitas em potes com divisórias. Assim, também é importante separar os alimentos frios dos quentes, visto que na hora de esquentar, o processo se torna mais prático.

5) Organize e planeje suas marmitas

Esse passo é fundamental! Para as pessoas que possuem o dia corrido e não têm muito tempo disponível durante a semana, o planejamento não pode faltar. Tire algumas horas do seu fim de semana para cozinhar sua comida da semana e montar suas marmitas. Procure variar nos alimentos para que não se torne enjoativo e busque sempre deixar os potinhos na geladeira. Assim, você estará preparado para a semana inteira e não precisará abdicar de seu tempo livre para esse tipo de preocupação!

6) Escolha refeições balanceadas

Escolher alimentos saudáveis é importantíssimo para você que depende das marmitas para sobreviver. A marmita em si já representa uma fonte mais saudável de refeição, comparada à comida servida em restaurantes, que muitas vezes está cheia de conservantes. Entretanto, ainda é possível melhorar a partir de escolhas saudáveis que poderão agregar valor ao seu dia a dia. E, dessa forma, te manter sempre disposta para enfrentar os obstáculos e responsabilidades que a rotina exige.

7) Evite colocar líquidos na marmita

É muito arriscado colocar líquidos dentro da marmita, uma vez que eles podem vazar e até mesmo sujar sua bolsa ou mochila. Dessa forma, se você for comer algo que tenha muito molho, dobre a atenção para que não ocorram incidentes. Um exemplo de comida, nesse contexto, é o strogonoff. Porém, se você puder levar seu molho separado, em outro recipiente, isso pode ser muito vantajoso, além de ser um tempero fresco que não ficou guardado em um pote fechado.

8) Tempere a salada apenas quando for comer

Essa dica está muito relacionada à que te mostramos aqui em cima. Para uma vida de marmita eficiente, você deve se atentar a coisas que podem fazer sua comida estragar mais rápido. Colocar molhos e temperos na salada é uma dessas coisas, visto que o poder de conservação dos alimentos é afetado. Assim, além de separar sua salada do restante da comida, é bom que você separe também o molho que irá complementá-la. Sua comida ficará mais saborosa e fresca!

9) Não deixe sua marmita fora da geladeira por mais de meia hora

Deixar a comida fora da geladeira por mais de meia hora pode oferecer um risco muito grande à sua saúde. Isso porque, atrelado à alta temperatura que muitas vezes enfrentamos diariamente, esse fator pode ser decisivo para que você passe mal ou até mesmo vá parar no hospital. Assim, é essencial que você se planeje para que isso não ocorra com frequência. Procure sempre manter suas marmitas em locais refrigerados e que fujam do calor, para, assim, evitar problemas no futuro.

10) Utilize uma bolsa térmica

Além de conservar os seus alimentos por meio de todas as dicas acima, também é imprescindível que você transporte sua marmita em um local seguro. Assim, a bolsa térmica é uma ótima opção para quem precisa se movimentar no dia a dia.

Dessa forma, você pode armazenar as suas marmitas tranquilamente, sem correr o risco de a comida estragar. Uma ótima forma de conservar e manter sua marmita e vida bem organizadas, não é mesmo?

E então, você gostou das nossas dicas? Esperamos que você consiga, com elas, alcançar uma vida de marmita muito eficiente!

Para saber mais sobre como organizar sua rotina de forma prática e efetiva, acesse também o nosso blog.